segunda-feira, 30 de julho de 2012

Mais uma vitória!


Paraná_Maringá:


Justiça concede retirada de cães beagles da UEM 


Gazeta do Povo _ Rede Vista-se 

Depois da proibição de uso de animais em experimentos no Biotério Central da UEM, animais são liberados para adoção.

Uma decisão judicial da 5ª Vara Cível de Maringá determinou na tarde desta quinta-feira (26) a retirada dos seis cães da raça beagle que permaneciam há pelo menos cinco anos no Biotério Central da Universidade Estadual de Maringá (UEM) para experimentos do curso de Odontologia da Instituição.

A informação foi confirmada pela presidente da Associação Anjos Animais, Eloisa Murta, que foi autorizada pela liminar concedida pelo juiz Fábio Bergamin Capela a retirar os cães do local.
Eloisa explica que nos próximos dias médicos veterinários irão avaliar o estado de saúde dos cachorros. “Aparentemente eles estão bem, estão correndo em volta de mim.”
A presidente da Associação afirma que os seis beagles deverão ser colocados para adoção.





sexta-feira, 27 de julho de 2012

Bill Gates reconhece: a alimentação vegana é um referencial para o futuro!

Bill Gates


Fonte Vista-se

Em um pequeno vídeo que vem sendo amplamente divulgado pelos sites de notícias vegetarianas pelo mundo, um dos homens que revolucionaram a humanidade declara que a alimentação isenta de produtos de origem animal é o futuro. Ele disse:

“Muitas empresas estão pegando esses produtos de origem animal – o leite, os ovos, o frango, a carne… – e achando uma maneira de fazê-los à base de plantas, que são mais baratas, provavelmente mais saudáveis, com menos crueldade envolvida e com menos emissões de gases do efeito estufa. Isto é fenomenal!”

Ele admite que este não é um assunto que está na grande mídia atualmente. Gates acredita que, em 5 anos, a alimentação sem ingredientes de origem animal estará, inevitavelmente, na mídia de massa.


NOVOS TRABALHOS  Julho de 2012

Mais recentes

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Para os cães e gatos!



Cães e gatos já estão sendo atendidos gratuitamente no 1º Hospital Público Veterinário do Brasil, implantado em São Paulo graças à emenda no orçamento feita pelo Vereador Roberto Tripoli (PV-SP), que também fez inúmeras gestões para que a Prefeitura concretizasse essa antiga luta do movimento de proteção animal. O equipamento localiza-se na Rua Professor Carlos Zagotis, 3, no Tatuapé (fone 2227-0858).
O hospital proporciona, sem ônus para os proprietários dos animais e também para protetores que socorrem cães e gatos abandonados e maltratados, consultas, cirurgias, medicações, curativos, exames laboratoriais – incluindo hemogramas, bioquímicos e sorologias, eletrocardiograma, ecocardiograma, ultrassom, radiografias. O equipamento conta ainda com UTI – Unidade de Terapia Intensiva.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Os gansos agradecem!









Venda de fígado de ganso será proibida no estado da Califórnia (EUA) a partir de domingo
Fonte: Rede Vista-se


Fim de linha para a venda de foie gras da Califórnia

A rede Vista-se divulgou que, a partir de julho de 2012 (01/7), será considerado crime vender qualquer produto que contenha foie gras (fígado de gansos ou patos engordados de forma cruel) em todo o Estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

Há alguns anos, o então governador Arnold Schwarzenegger (ator/intérprete de O Exterminador do Futuro) havia conseguido proibir a produção da iguaria cruel. Agora a justiça também não permitirá que restaurantes californianos sirvam pratos com ela.

O foie gras é um “alimento” milenar descoberto pelos egípicios e é uma ótima notícia saber que a justiça do Estado da Califórnia levou em consideração o sofrimento dos animais e foi por eles que a proibição foi aceita. Donos de restaurantes locais que servem o foie gras estão revoltados e alegam ter sua liberdade comprometida. Já sobre a liberdade dos animais, eles não alegam nada.
O mais bizarro

Alguns restaurantes doam U$ 1 a cada prato com foie gras vendido. O dinheiro vai para uma suposta associação que faz pesquisas de como explorar e matar os animais com menos dor e sofrimento. Muitos clientes comem o fígado de um animal torturado e ainda saem com a cosciência tranquila por ter doado U$ 1 para que eles “sofram menos” no futuro e que o prato com fígado não suma do cardápio.

A saga do patê até a venda para consumo _ Entrevista da Globo News: