domingo, 28 de setembro de 2014

Brigitte Bardot _ 80 anos em ação

http://www.fondationbrigittebardot.fr/    _  (Fundação Brigitte Bardot (Fondation Brigitte Bardot, en français) é uma instituição dedicada ao bem estar animal fundada por Brigitte Bardot em 1986. É considerada de utilidade pública pelo Estado da França desde 1992.

Sobre Brigitte...

Eu poderia fazer o retrato dela quando jovem...mas não teria nenhuma graça, visto que hoje ela é assim, sem plásticas, sem artifícos, com suas rugas de expressão, sulcos e cabelos brancos...
É assim a sua beleza, visto que todos nós envelheceremos e cada idade possui sim, sua beleza e serventia.
Os artistas, certamente a fariam jovem para lembrança da atriz num dia como o de hoje..seria o esperado. Mas, como nunca segui os padrões...
Esta é a Madame Bardot, que dirige hoje, na França, uma fundação de defesa aos animais e que traz o seu nome e que, a Fundação Brigitte Bardot, que para quem não sabe, eu apoio.
 
Hoje, ela faz 80 anos. Brigitte Bardot já comentei uma vez, parece fisicamente com a minha avó materna e, como ela, também defende os animais e assim como Brigite é, ela era franca, ousada e controversa...a bela Brigitte. Que tenha vida longa! (Só podia ser uma libriana!)
Brigitte Bardot, hoje


Brigitte, jovem, num trabalho meu de 2012.



Brigitte, a frente dos interesses de sua fundação pelos direitos dos animais
 

 
 
 
Em 1962 Brigitte Bardot, então no auge de sua fama, começou o que seria sua primeira luta pelos direitos dos animais, denunciando a maneira como os animais eram abatidos nos matadouros franceses. Na verdade, ela teria visto fotos mostrando as condições em que eles eram sacrificados, então decidiu tornar-se vegetariana e começou sua primeira batalha. Ela foi recebida no Eliseu, e alguns anos mais tarde, pelos próprios presidentes da França.
 
 
 
Em 1986 ela cria sua fundação, em Saint-Tropez, uma organização dedicada ao bem-estar animal, para conseguir financiar sua idéia, Brigitte leiloou tudo o que conquistou em seus anos de glória, como fotos, cartazes, o vestido que usou em seu casamento com Roger Vadim e até mesmo um diamante (o qual foi arrematado por Gunter Sachs) para seus admiradores. No inicio a fundação era sediada em Saint-Tropez, porém, mais tarde, em 1988, a sede foi levada à Paris.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

A infância e o caráter

É na infância que definimos o nosso caráter, se seremos bom ou maus, produtores ou parasitas, conscientes ou omissos...é a fase importante, a chave do nosso desenvolvimento. Gosto de pintar para os pequenos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

segunda-feira, 7 de abril de 2014

A ocupação é a corda necessária para salvar ou sair da depressão

Dia desses, ao pintar no Parque do Trianon,  ouvi uma mulher se lamentar de angústia, desespero, medos infundados, tristeza, cismas, sensação de abandono, vontade de isolamento sem razão aparente. Logo vi que estava sofrendo de depressão. Lembrei então de traumas e perdas que sofri ao longo da vida e me perguntei porque eu não tinha sucumbido. A resposta que me veio, é que eu nunca tive tempo para chorar ou lamentar algo porque eu tinha muitas ocupações que dependiam de mim. Foi esta, sem mais estender as palavras, a razão de eu não ficar no poço...ter o que fazer e que me dava prazer, ou motivo para lutar.
Descubra, então, se estiver se sentindo assim, algo que goste de fazer, algo que faça você dedicar seu tempo, seu raciocínio, sua energia. Verá como isso faz diferença. Seja um hobby, um trabalho, uma pessoa, um animal de estimação, sejam os excluídos de uma sociedade. Ponha vigor e amor no que fizer e estará livre dos males que levam o ser humano a se acometer desta doença psíquica e destrutiva. O segredo está no amor. Faça o que fizer, faça sempre com amor.

Ilustração: Mandala do Equilíbrio ©luisadalartesa.

sábado, 29 de março de 2014

Mantendo o equilíbrio numa cidade de stress

Os grandes centros urbanos contribuem para tornar o ser humano sobrecarregado. O trabalho, a vida pessoal, os terceiros, tudo contribui para o acúmulo de cargas emocionais e fisicas. Mas não é impossível manter a sanidade: basta tirar alguns momentos para ficar a sós consigo mesmo. Isso pode ser feito em lugares estratégicos, como livrarias e bibliotecas, cinemas (escolha bem a película... uma comédia ou filme infantil ajuda), jardins e parques, locais sossegados e de pouca gente. Vale ouvir uma musiquinha relaxante..nada de heavy metal, óbvio! :) Curta você mesmo, dê um tempo para si. Atividades físicas ajudam...caminhar, yoga, tai chi, valem na hora de extravasar e se tornar mais leve! Fica a dica!